INÍCIO

ATELIER

ARQ. JOÃO SIMÕES RAPOSO
FILOSOFIA

SERVIÇOS

PROJETOS SELECIONADOS

CONTATOS

 
   

FILOSOFIA

           

 ● Da Arquitetura

 ● Do Urbanismo

 ● Da Equipa

 ● Sinopse

 

Do Urbanismo

Tal como na Arquitetura, tudo se inicia com a análise e compreensão da realidade existente, nas suas componentes físicas, geográficas, morfológicas e humanas.

Em seguida é fundamental perceber as vocações e expectativas dos agentes envolvidos no processo.

É imprescindível partir sempre de uma análise do geral para o particular, secundarizando os problemas menos expressivos.

Devem-se construir sempre soluções, em interação e com a participação de todos os intervenientes, encarando-as como parte de um processo sempre em movimento e transformação, que não se compadece com os estudos que demoram anos a ser efectuados e que quando concluídos, já estão desatualizados.

O diálogo não pode ser hermético, eclético e exclusiva e absurdamente técnico.

Somente o conhecimento das ações do programa e objectivos pretendidos e a sua verificação progressiva, poderá ser mobilizador e estimulante para os diversos agentes envolvidos e permitirá a sua intervenção crítica e criativa de forma a conseguir-se um entendimento e sintonia mais generalizados.

É necessário um processo interativo, dinâmico, mas também firme para defender as opções mais equilibradas e mais eficazes

 

Informar - Dialogar - Envolver - Responsabilizar